SAGUI
Saguinus

Os sagüis são os menores macacos que existem.

Animais tipicamente florestais, lembram os esquilos pelo seu comportamento e na forma do corpo. Raramente adotam a postura bípede. Apoiam-se sempre nas quatro patas, ou deitam-se nos galhos, com a cauda pendente.

Suas garras são utilizadas para subir nos troncos e para retirar insetos e larvas do interior dos galhos e das árvores. Raramente saltam de uma árvore para outra que esteja a distância, mas, como geralmente as copas se tocam, atravessam com agilidade as pontes formadas pelos ramos. Abrigam-se nos ocos dos troncos, mas não constroem ninhos.

Vivem em grupos pequenos (também podem ser vistos sozinhos ou em pares). As vezes formam bandos que, nas regiões pouco freqüentadas pelo homem, podem reunir trinta ou quarenta indivíduos. Dormem de 12 a 14 horas por dia. Gostam de brincar de brigar e de esconde-esconde.

O sagüi comum se distingue por seu corpo frágil e pelos dois tufos de pelo branco que tem em cada orelha.

Um sagüi demonstra sua superioridade em relação a outro virando-lhe o traseiro. Isso difere curiosamente do hábito de alguns macacos africanos, entre os quais este gesto indica submissão.

Apesar do desenvolvimento da caixa craniana, o cérebro é pobre em circunvoluções e cobre completamente o cerebelo.

O sagüi apesar de seu temperamento inconstante, acostuma-se facilmente ao cativeiro. Ele detesta o frio. Costuma juntar pedaços de pano em sua gaiola e faz um ninho onde possa se abrigar. Sua alimentação deve ser variada e constar de frutos, sementes de girassol, legumes, ovos e tenébrios, indispensáveis como fonte de proteínas. Em liberdade caçam insetos, dos quais são grandes apreciadores.

Seu período de gestação é de aproximadamente 151-156 dias. A gestação varia de 140-146 dias. Algumas semanas antes de dar à luz as fêmeas ficam menos ativas. Parem sempre gêmeos. Eles não devem ser perturbados quando estiverem dando à luz. Normalmente acontece à noite e o parto leva aproximadamente uma hora.

O chefe da família tem a obrigação de cuidar dos filhos. Pequenininho, o sagüi se agarra no peito do pai e só volta para junto da mãe na hora de mamar. Na hora de atravessar os galhos e correr pelas árvores, é o pai quem carrega os filhotes.

Normalmente os filhotes mamam até os 6 meses. Com a idade de 15 a 18 meses os sagüis já são capazes de se reproduzirem.


<< voltar
   

facebook twitter


© Copyright Mariana Caltabiano Criações